Carnaval 1995

ORDEM DOS DESFILES

 

GRUPO ESPECIAL

ESCOLA CARNAVALESCO PONTOS
Imperatriz Leopoldinense
Mais Vale Um Jegue Que Me Carregue, Que Um Camelo Que Me Derrube… Lá no Ceará
Rosa Magalhães 300
Portela
Gosto Que Me Enrosco
José Félix 299,5
Beija-Flor de Nilópolis
Bidu Sayão e o Canto de Cristal
Milton Cunha 299
Mocidade Independente de Padre Miguel
Padre Miguel, Olhai Por Nós!
Renato Lage 299
Acadêmicos do Salgueiro
O Caso do Por Acaso
Roberto Szaniecki 298,5
Estação Primeira de Mangueira
A Esmeralda do Atlântico
Ilvamar Magalhães 297
Estácio de Sá
Uma Vez Flamengo…
Mario Borriello 296,5
Unidos do Viradouro
O Rei e os Três Espantos de Debret
Joãosinho Trinta 294,5
Unidos de Vila Isabel
Cara ou Coroa, as Duas Faces da Moeda
Max Lopes 294,5
10º Caprichosos de Pilares
Da Terra Brotei, Negro Sou e Ouro Virei
Mauro Quintaes 290
11º União da Ilha do Governador
Todo Dia é Dia de Índio
Chico Spinosa 288,5
12º Unidos da Tijuca
Os Nove Bravos do Guarani
Oswaldo Jardim 286
13º Tradição
Gira Roda, Roda Gira
Lícia Lacerda 284
14º Unidos da Ponte
Paraná, Esse Estado Leva a Sério o Meu Brasil
Washington Luís 284
15º Império Serrano
O Tempo Não Pára
Lilian Rabello 275
16º Acadêmicos do Grande Rio
Estória Para Ninar Um Povo Patriota
Lucas Pinto 268
17º↓ São Clemente
O Que é, o Que é, Que Não é, Mas Será?
Luiz Fernando Reis 261,5
18º↓ Unidos da Villa Rica
Deu Pano Pra Manga
Sylvio Cunha 255

 

GRUPO A

ESCOLA CARNAVALESCO PONTOS
1º↑ Unidos do Porto da Pedra
Campo-Cidade, Em Busca da Felicidade
Mauro Quintaes 298,5
2º↑ Império da Tijuca
No Sassarico da Colombo
Miguel Falabella e Eduardo Elias 294,5
Arrastão de Cascadura
Frevança
Max Lopes e Sônia Regina 294
Acadêmicos da Rocinha
Sem Medo de Ser Feliz
Alexandre Louzada 293,5
Acadêmicos de Santa Cruz
Deuses e Costumes Nas Terras de Santa Cruz
Albeci Pereira 293
Vizinha Faladeira
O Relicário do Samba
Paulo Barros e Henrique Celibe 290
Acadêmicos do Cubango
Da Aldeia de São Lourenço a Niterói, Cidade Sorriso
Renato Dias e Rosângela Aquino 288
Unidos do Cabuçu
Um Abraço à Cinelândia, 60 Anos de Teatro Rival
Paula Vannier e Nelson Costa 288
Acadêmicos do Engenho da Rainha
Yolhesman Crisbeles, a República de Ipanema é um Desbunde
Jaime Cezário e
Luiz Fernando Abreu
287
10º Em Cima da Hora
No Reflexo do Espelho, a Arte de Dançar (Homenagem a Carlinhos de Jesus)
Reinaldo Valença e Edson Santos 277,5
11º↓ Unidos do Jacarezinho
E o Jacarezinho Descobriu a Atlântida, a Tela Perdida
Eduardo Gonçalves 277
12º↓ Difícil é o Nome
A Grande Estrela, o Sol
Luizinho 28 276
13º↓ Leão de Nova Iguaçu
Arautos do Brasil Mulato
Fábio Borges 270
14º↓ Unidos de Lucas
Os Quindins de Yayá
Arialdo Vilaça e Gil Gouveia 270
15º↓ Lins Imperial
Estrela Imperial em Verde e Rosa
Orlando Júnior 266
16º↓ Arranco do Engenho de Dentro
Ria… Se Puder
Márcio Billo 262
17º↓ Independentes de Cordovil
Retratos e Canções (Homenagem a Sandra de Sá)
Paulo Cavalcante 249,5
18º↓ Mocidade Unida de Jacarepaguá
Domingo é Dia de Quinta
Oscar Alcântara 246,5
19º↓ Canários das Laranjeiras
Seu Conductor, Din Din, Seu Condutor
Lorena Sender e Cida Donato 231

Observações:
– Após os resultados questionáveis do Grupo 1 do ano anterior, uma nova Liga (LIESGA) foi criada para administrar esse grupo e o imediatamente inferior, que passaram a ser chamados de Grupo A e Grupo B. Os demais grupos inferiores (Grupo 1 e Grupo 2) continuaram sob a administração da AESCRJ.
– A Mocidade Unida de Jacarepaguá, oitava colocada do Grupo 2 em 1994, e a Unidos do Porto da Pedra, vice-campeã do Grupo de Acesso em 1994, foram convidadas a fazer parte do Grupo A.

 

GRUPO B

ESCOLA CARNAVALESCO
Acadêmicos do Dendê
Essa Água é Fogo
Amarildo de Mello
Acadêmicos de Vigário Geral
Ontem, Hoje e Sempre Mestre Marçal
Acadêmicos da Abolição
Crescendo e Aprendendo
Unidos da Vila Kennedy
História e Herança de Uma Raça
Paraíso do Tuiuti
Recicla Brasil, o Lixo é Um Luxo
Sérgio Marimba
Boi da Ilha do Governador
O Boi dá Sorte
Manoel Júnior
Foliões de Botafogo
Marlene Paiva, das Passarelas de Luxo à Passarela do Samba
Mocidade Unida do Santa Marta
Faça Amor, Não Faça Guerra
Unidos do Campinho
Do Milho ao Milhão
10º Renascer de Jacarepaguá
Minha Terra Tem Lagoas Onde Vivem os Jacarés
Oziene Furtado
11º União de Jacarepaguá
De Geração em Geração Quem é Discriminado é o Negão
12º Império do Marangá
No Balanço das Ondas do Mar
13º União de Rocha Miranda
O Grito da Flor
14º Unidos de Manguinhos
Manguinhos, Ouro, Saúde e Folia
15º Inocentes de Belford Roxo
Grande Otelo, Uma Vida Que Se Acaba Na Ribalta

Observações:
– A Inocentes de Belford Roxo não desfilou.
– Do Grupo B para baixo, houve uma reformulação geral para o carnaval seguinte. Os grupos ficaram da seguinte forma, baseados na classificação de 1995:
Grupo B: As nove últimas colocadas do Grupo A (da 11ª a 19ª), mais as três primeiras colocadas do Grupo B.
Grupo C: Da 4ª a 8ª colocada do Grupo B, mais as cinco primeiras colocadas do Grupo 1, e as duas primeiras colocadas do Grupo 2.
Grupo D: Da 9ª a última colocada (15ª) do Grupo B, mais uma das duas últimas colocadas (6ª) do Grupo 1 (Mocidade de Vasconcelos), juntamente com as escolas que ficaram entre a 3ª e a última colocação (6ª) do Grupo 2.
Grupo E: A outra última colocada (6ª) do Grupo 1 (Unidos de Bangu), mais a Alegria da Zona Sul (que não desfilou em 1995), e as estreantes Acadêmicos do Sossego, Arrastão de São João, Mocidade Independente de Inhaúma e União de Guaratiba.

 

GRUPO I

ESCOLA CARNAVALESCO
Flor da Mina do Andaraí
Verde e Rosa, Por Que Não?
Mocidade de Vicente de Carvalho
As Duas Faces do Carnaval
Tupy de Braz de Pina
Eu Era Feliz e Não Sabia
Imperial de Morro Agudo
De Volta ao Passado
Boêmios de Inhaúma
Sou Brasileiro, Privilégio de Poucos Boêmios, Anseio de Muitos
Unidos de Bangu
Rosa, Uma Flor Mulher
Ronaldo Calzalari
Mocidade de Vasconcelos
Primeiro de Abril

Observação: A Unidos de Bangu e a Mocidade de Vasoncelos não desfilaram.

 

GRUPO II

ESCOLA CARNAVALESCO
União de Vaz Lobo
Banzo, Saudades da Terra
Unidos de Padre Miguel
Tahira-Can, o Homem Estrela
Unidos da Vila Santa Tereza
As Sete Cores do Arco-Íris
Arame de Ricardo
Unidos do Uraiti
Fantasias, Confetes e Serpentinas
Acadêmicos do Cachambi
Balança, Rio

Observações:
– O Arame de Ricardo se apresentou como convidada.
– A Tigres de Anchieta, que também se apresentaria como convidada neste grupo, não compareceu