Carnaval 2019

Clique no nome da agremiação para mais informações

Confira também a ORDEM DOS DESFILES

 

GRUPO ESPECIAL

(MAPA DE NOTAS)
ESCOLA PONTOS
Estação Primeira de Mangueira
História Pra Ninar Gente Grande
270
Unidos do Viradouro
Viraviradouro!
269,7
Unidos de Vila Isabel
Em Nome do Pai, do Filho e dos Santos, a Vila Canta a Cidade de Pedro
269,4
Portela
Na Madureira Moderníssima, Hei Sempre de Ouvir Cantar uma Sabiá
269,3
Acadêmicos do Salgueiro
Xangô
269,3
Mocidade Independente de Padre Miguel
Eu Sou o Tempo. Tempo é Vida
269
Unidos da Tijuca
Cada Macaco no seu Galho. Ó, Meu Pai, Me Dê o Pão Que Eu Não Morro de Fome!
268,8
Paraíso do Tuiuti
O Salvador da Pátria
268,5
Acadêmicos do Grande Rio
Quem Nunca…? Que Atire a Primeira Pedra
267,9
10º União da Ilha do Governador
A Peleja Poética Entre Rachel e Alencar no Avarandado do Céu
267,7
11º Beija-Flor de Nilópolis
Quem Não Viu, Vai Ver – As Fábulas do Beija-Flor
267,6
12º São Clemente
E o Samba Sambou
267,4
13º↓ Imperatriz Leopoldinense
Me Dá Um Dinheiro Aí
266,6
14º↓ Império Serrano
O Que É, O Que É?
263,8

Observação: A São Clemente reeditou seu samba-enredo do carnaval de 1990.

 

SÉRIE A

(MAPA DE NOTAS)
ESCOLA PONTOS
1º↑ Estácio de Sá
A Fé Que Emerge das Águas
270
Acadêmicos do Cubango
Igbá Cubango – A Alma das Coisas e a Arte dos Milagres
269,5
Unidos do Porto da Pedra
Antonio Pitanga, um Negro em Movimento
268,2
Império da Tijuca
Império do Café, o Vale da Esperança
268,1
Acadêmicos de Santa Cruz
Ruth de Souza – Senhora Liberdade, Abre as Asas Sobre Nós
267,7
Unidos de Padre Miguel
Qualquer Semelhança Não Terá Sido Mera Coincidência
266,9
Renascer de Jacarepaguá
Dois de Fevereiro no Rio Vermelho
266,9
Unidos de Bangu
Do Ventre da Terra, Raízes Para o Mundo
266,3
Inocentes de Belford Roxo
O Frasco do Bandoleiro
265,9
10º Unidos da Ponte
Oferendas
265,7
11º Acadêmicos da Rocinha
Bananas Para o Preconceito
265,5
12º Acadêmicos do Sossego
Não Se Meta Com a Minha Fé. Acredito Em Quem Quiser
265,4
13º↓ Alegria da Zona Sul
Saravá, Umbanda!
265,3

Observação: A Unidos da Ponte reeditou seu samba-enredo do carnaval de 1984.
 

SÉRIE B

(MAPA DE NOTAS)
ESCOLA PONTOS
1º↑ Acadêmicos de Vigário Geral
Mwene Kongo: O Reino Europeu na África que se Tornou Folclore no Brasil
269,4
União do Parque Curicica
Eu Vi Deus, Ela é Negra!
269,2
Tradição
Gira, Baiana. Salve as Mães do Samba!
269,1
União de Maricá
Nelson Gonçalves – O Autorretrato do Rei do Rádio
269,1
Em Cima da Hora
Orlando Baptista: o Menino e a Bola
268,9
Lins Imperial
Malandro é Malandro, Bezerra é da Silva
268,9
Acadêmicos do Engenho da Rainha
Matamba, o Sonho de uma Rainha
268,8
Unidos de Lucas
Do Galo de Barcelos ao Galo de Ouro, Lucas Conta uma História de Fé e Justiça
268,8
Siri de Ramos
A Soberana Ordem dos Barões. Os Caminhos Te Conduzem à Leopoldina
268,8
10º Arame de Ricardo
O Primeiro Bailarino do Carnaval
268,8
11º↓ Vizinha Faladeira
De Catulo à Lampião, Bem-Vindos à Terra do Cão!
268,3

Observação: O Boca de Siri passou a se chamar Siri de Ramos.

 

SÉRIE C

(MAPA DE NOTAS)
ESCOLA PONTOS
1º↑ Império da Uva
Rainha Nzinga, Símbolo de Resistência Africana
269,5
2º↑ União do Parque Acari
Tupã, uma História de Amor Contada em Rosa, Amarelo e Branco no Coração das Matas
269,3
3º↑ Acadêmicos do Jardim Bangu
De Sol a Sol Vou Levando Meu Sertão
269,2
Unidos da Vila Santa Tereza
Sob um Olhar Negro: Valongo, a História de um Cais
269,1
Unidos da Villa Rica
África Brasil: Sangue, Suor e Lágrimas. A Herança Que Nos Uniu
268,8
Passa Régua
O Passa Régua Traz o Poder e a Justiça de Xangô
268,6
Difícil é o Nome
Theatron – A Difícil Entra em Cena e Faz da Intendente Magalhães o Seu Palco Iluminado
267,8
Arranco do Engenho de Dentro
Arlindo Cruz, o Partideiro Imperiano
267
Unidos do Jacarezinho
Nzungu – O Quilombo Negro de Resistência, Vamos Fazer Barulho de Preto na Avenida!
267
10º Sereno de Campo Grande
Ser ou Não Ser, Não é a Questão! Sereno é Loucura, Amor e Paixão!
266,7
11º Unidos da Flor da Mina do Andaraí
Floresta da Tijuca, Onde Se Viu Nascer a Minha Flor!
266,3
12º Unidos da Vila Kennedy
A Evolução Não Para
261
13º↓ Unidos do Cabuçu
Tra-La-Lá nas Ondas do Rádio
260,4

Observações:
– O Favo de Acari voltou a se fundir com a Corações Unidos do Amarelinho, que havia se fundido com a Corações Unidos do Jardim Bangu. A nova escola passa se chamar União do Parque Acari. Com isso, a Corações Unidos do Jardim Bangu voltou a se chamar Acadêmicos do Jardim Bangu.
– A Acadêmicos de Madureira desistiu de desfilar, abrindo vaga para o Passa Régua.
– A Unidos das Vargens e a Flor da Mina do Andaraí se fundiram, gerando assim a Unidos do Flor da Mina.

 

SÉRIE D

(MAPA DE NOTAS)
ESCOLA PONTOS
1º↑ União de Jacarepaguá
Africanidade
269,3
2º↑ Botafogo Samba Clube
Túlio, o Glorioso
269,3
3º↑ Independentes de Olaria
De Canto em Canto, Te Conto um Conto
268,7
Acadêmicos da Abolição
Conceição Evaristo. A “Escrevivência” Abolicionista em Versos, Poemas e Contos
268,2
Leão de Nova Iguaçu
Alma Cabocla – Magia, Fascínio e Preservação no Coração da Amazônia
268,1
Rosa de Ouro
Yamandú e Jaci, o Sopro da Criação
267,8
Independente da Praça da Bandeira
Linear Histórico na Africanidade Meritiense
267,6
Vicente de Carvalho
Vicente de Carvalho Traz o Poder da Cura e a Fé de uma Nação
267,4
Império Ricardense
AMA – O Brado das Amazonas
267,2
10º Unidos de Cosmos
O Nordeste Que Ninguém Viu: do Gelo Emergiu o Tesouro do Brasil
266,7
11º↓ Chatuba de Mesquita
A Mística Magia dos Contos Infantis
266,1
12º↓ Mocidade Unida do Santa Marta
Dona Marta é Superstar no País Onde a Carne Mais Barata é a Carne Negra
262,9
13º↓ Caprichosos de Pilares 0

Observações:
– A Caprichosos de Pilares não desfilou.
– A Tupy de Braz de Pina deixou de desfilar e a Botafogo Samba Clube entrou em seu lugar.

 

SÉRIE E

(MAPA DE NOTAS)
ESCOLA PONTOS
1º↑ Acadêmicos da Diversidade
Vovó Catarina das Almas, Cura e Caridade. A História da Cura por Negros no Brasil
179,8
2º↑ Unidos de Manguinhos
Carnevale
179,6
3º↑ Imperadores Rubro-Negros
Paixão Pelo Clube, Amor Pelo Samba: Uma História de Futebol e Carnaval
179,6
Unidos da Barra da Tijuca
Eu Não Sei Se Você É, Mas Eu Sei Que Eu Sou, Barra da Tijuca, Meu Amor!
179,5
Feitiço do Rio
Do Sagrado ao Profano, Tem Batuque na Pedra do Sal
179,1
Arrastão de Cascadura
Casca d’Ouro
179
Alegria do Vilar
Opará: Por Onde Passo Te Banho de Cultura!
178,5
Mocidade Unida da Cidade de Deus
Quilombo dos Palmares, um Paraíso Negro
178,4
Coroado de Jacarepaguá
O Gigante Reino dos Pequenos
178,3
10º Acadêmicos do Dendê
Mburukujá – “…E Por Falar em Paixão!…”
178,3
11º Delírio da Zona Oeste
Delirando com as Lendas e Mistérios da Amazônia
177,6
12º União de Campo Grande
Uma Viagem com o Povo pelo Comércio e Indústria, que Fazem Desse Bairro um Exemplo
176,5
13º Unidos de Queimados
Queimados – O Aroma do Progresso
176,2
14º Guerreiros de Jacarepaguá
Cid Carvalho: Guerreiro que é Guerreiro Não Foge à Luta
176,2
15º Mocidade Independente de Inhaúma
A Grande Sinfonia da Vida, Segundo a Tradição Yorubá
0
Acadêmicos da Maré
Kikun SiSan – A Tragédia das Iyàbàs
Embalo do Engenho Novo
Cerveja, o Combustível da Alegria
Flor do Jardim Primavera
Corpo Sedutor, Alma Serena, Morres de Amor… Iracema
Garras do Tigre
Belém do Pará, um Show de Brasilidade
Império do Dourado
Okê Caboclo! Salve as Matas do Meu Brasil
Pingo D’Água
De Aracaju para o Rio de Janeiro, Eva Santana Grande Seresteira
Renascer de Vaz Lobo
A Renascer de Vaz Lobo Apresenta: Ministro Edgard Romero – Saudosa e Atual. A Avenida do Meu Lugar
União de Rocha Miranda
Simplesmente Oxum

Observações:
– As escolas Delírio da Zona Oeste, União de Campo Grande, Unidos de Queimados e Guerreiros de Jacarepaguá ficam dois anos sem desfilar.
– A escola Mocidade Independente de Inhaúma, por não ter se apresentado para o desfile, fica quatro anos sem desfilar.
– A ACAS (Associação Cultural Amigos do Samba), entidade que organiza os desfiles da Série E, não considerou aptas a desfilar as agremiações Acadêmicos da Maré, Embalo do Engenho Novo, Flor do Jardim Primavera, Garras do Tigre, Império do Dourado, Pingo D’Água, Renascer de Vaz Lobo e União de Rocha Miranda.